segunda-feira, 12 de abril de 2010

Caso 39

caso39_1
 
Emily Jenkins (Renée Zellweger) é uma assistente social que vive para seu trabalho. Um dia, ela é incumbida de cuidar do caso número 39, sobre uma garotinha de dez anos, Lillith (Jodelle Ferland), que poderia estar sendo abusada pelos pais. Emily se envolve demais com o caso e isso desencadeia acontecimentos catastróficos dos quais ela não terá nenhum controle.
 
Hollywood está tão cheia de filmes clichês que me pergunto como alguém pode permitir que este filme tenha sido feito. Com um final óbvio desde os primeiros minutos de filme, Caso 39 é mais uma daquelas histórias que em nada adicionam em nossas vidas e que teria passado batido por mim, se não tivesse Renée Zellweger no elenco.
 
Esta, por sinal, é a melhor coisa de todo o filme. Renée está excelente no papel de Emily, passando para os espectadores um medo genuíno. Talvez ela estivesse com medo de que alguém realmente a visse neste filme.
 
E o que dizer de Jodelle Ferland, no papel da pequena Lillith? Se você já assistiu Sillent Hill, a atuação da menina de 16 anos que parece ter 8 não será uma novidade. Não fazem mais atrizes mirins como Dakota Fanning e Jodie Foster.
 
O filme não é ruim e pode agradar fãs de O Chamado, O Grito ou o próprio Sillent Hill, mas não acrescenta nada de novo ao gênero. É apenas mais um filme no meio de tantos outros.
 
caso-39_12
 
Case 39 (2009)
Direção: Christian Alvart
Roteiro: Ray Wright
Elenco: Renée Zellweger, Jodelle Ferland, Ian McShane, Bradley Cooper

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...