domingo, 15 de janeiro de 2012

Adam & Steve

adamandsteve

A ideia de uma comédia romântica sobre um casal de homossexuais me chamou bastante atenção. Normalmente encontro comédias escrachadas, e na maioria das vezes preconceituosas, então resolvi assistir Adam & Steve para ver como o relacionamento dos protagonistas seria desenvolvido.

adamands

Adam (Craig Chester) trabalha observando pássaros e ama seu cão Buster como se fosse um filho. Quando ele acidentalmente esfaqueia o cachorro e o leva para o hospital mais próximo, conhece Steve (Malcolm Gets), um psicólogo que aceita ajudar Buster. Os dois se apaixonam e precisam lidar com os preconceitos e com as dificuldades de qualquer relacionamento. O filme trata com naturalidade o relacionamento dos dois e em nenhum momento cai nas piadas ofensivas de sempre. Seria um ótimo filme e uma bela história de amor se não fosse por um pequeno detalhe: a base da história. Em 1987, Adam, então um jovem gótico e melancólico, vai com sua amiga Rhonda (Parker Posey) a uma danceteria e lá conhece Steve, um dançarino que parece ser o filho bastardo de Dee Snider e Pablo do Qual é a Música. Os dois se apaixonam a primeira vista e vão para o apartamento de Adam, onde usam cocaína e Steve fica pelado. E tem uma crise de diarreia na frente de Adam, que vomita. Dezessete anos depois, os dois se reencontram, mas não se reconhecem.

adam

O filme é cheio de momentos embaraçosos como este e se as atuações não fossem tão medíocres, até daria para perdoar isso. Também me incomoda as referências ao 11 de setembro, que não parecem combinar em nada com a história do filme. Os dois melhores amigos de Adam e Steve, Rhonda e Michael (Chris Kattan) são chatos e o romance que se forma entre eles é tão sem sentido que mais distrai do que qualquer outra coisa.

Malcolm Gets (o Richard, de Caroline in the City) é excelente ator e eu gostaria de vê-lo em papéis mais maduros e melhor trabalhados. É uma pena ver uma ideia muito boa (e bonita) ser destruída por um roteiro mal planejado e muitas vezes de mau gosto. Adam & Steve não é um filme ruim, tem algumas piadas engraçadas e um casal de protagonistas bastante carismático, mas podia diminuir um pouco as piadas de humor negro e se focar no romance.

adamandsteve (1)

Adam & Steve (2005)
Direção: Craig Chester
Roteiro: Craig Chester
Elenco: Craig Chester, Malcolm Gets, Parker Posey, Chris Kattan

4 comentários:

Leticia disse...

tem umas comédias que ainda insistem nessa coisa de diarreia e vomito pq acham engraçado, pqp HAHAHAHA

Paloma Rodrigues disse...

Parece coisa de criança! Acho que eles podiam ter feito algo muito mais sério e mesmo assim divertido.

Só faltava alguém dizer "pull my finger".

Pinu disse...

Só faltava um deles dizer "pull my dick"?

É tão chato quando tem um ator que a gente gosta que é difícil aparecer em algum filme, e quando aparece, decepciona...

Quem é que pega um roteiro sobre um relacionamento gay e diz", "hum, isso precisa de mais piadas escatológicas"?

Paloma Rodrigues disse...

Pelo menos o Malcolm tá bem (pelado) no filme =/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...