quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Dignidade! Sempre dignidade!

Aqui está o nosso curta, Dignidade! Sempre Dignidade!, produzido para a Oficina de Áudio e Vídeo da Prefeitura de Porto Alegre. Quem quiser conferir minha crítica sobre a “grande” mostra da Oficina, é só clicar aqui.

O filme foi feito com orçamento zero e teve apoio da Prefeitura de Porto Alegre, do Centro Universitário Metodista IPA, Parque Zoológico de Sapucaia do Sul e Jardim Botânico de Porto Alegre.

Dignidade! Sempre Dignidade! (2011)
Direção: Paloma Rodrigues, Juliano Moreira, Liana Vargas Fernandes
Roteiro: Paloma Rodrigues, Juliano Moreira
Elenco: Guto Bozzetti, Juliano Moreira, Paloma Rodrigues, Vera Lúcia Rodrigues, Sérgio Orides, Liana Vargas Fernandes, André Bozzetti, Laura Gluer, Estela Bozzetti, Priscilla Zorzi, Thiago Duarte, Tati Garbin, Rodger Timm e Cristina Althaus

4 comentários:

Carol disse...

Loma isso é um filme?

Thiago Guedes disse...

"E a Ventania Carregou", "Kill Willy", "Free Bill", documentário sobre cerveja "Quanto mais Gelado Melhor" e cenas de Fausto num momento demonstrando Caos e Ódio...

Essas são algumas das irreverentes sacadas que me divertiram por cerca de 20 minutos. Sério, parabéns! O roteiro esta muito divertido e realmente a interpretação do Guto deixou o personagem mais carismático.

Bem que eu olhei a hora da criança correndo para não virar "salsicha " e pensei: "Parece a Pinu." E não é que era mesmo XD!

E é bem mesmo a cara de "puta merda" que fazemos quando descobrimos que alguém já esta usando a idéia que pensávamos ter criado by ourselves XD! AAAAAAAAND WTF com o Pai que se perdeu no Zoo?! "Eles se desencontraram, meu pai adorava os orangotangos..." isso é muito Woody Allen, dar explicações simplificadas para fatos "escabrosos" da vida, tipo " E então ele teve a perna arrancada por um tubarão, ele gostava de ir na peixaria..." XD

E no final a coisa mais nonsense foi a mãe indo viver com o pai no Zoológico! HAHAHA! Me lembrou o final de Meia Noite em Paris onde o cara que é pago para ir atrás do personagem de Owen Wilson, acaba parando no Pálacio de versalles. Tipo, momento WTF!

Parabéns! É um filme que deixa as pessoas felizes e com vontade de seguir seus sonhos e não desistirem. Já pensou em escrever ele para o Histórias Curtas? Tem meu voto! E é aquela coisa, acho que não vai ser o teu caso, mas se nada der certo "Dignidade! Sempre Dignidade!" mesmo que tu" sempre se foda nessa merda" XDDDDD!!

Abraços

Paloma disse...

Como eu disse ali em cima, é um curta-metragem...

Carol disse...

Cadê as novas postagens?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...