quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Entrando Numa Fria maior Ainda com a Família

littlefockers_poster-600x890 

Uau... Esse é um título bem grande e desnecessário! Imagino daqui a vinte anos, quando estrear a décima quarta continuação, como irá se chamar. Entrando Numa Fria Muito Mais Maior Ainda do Que Você Jamais Esperou e Além da Família dos Cães dos Gatos dos Vizinhos do Owen Wilson Também Temos Loucas Aventuras Radicais com Cães Falantes e Pássaros e Princesas e Jarros D'Água É Muito Incrível Tudo Isso Mas sem o Dustin Hoffman.

De qualquer forma, ignorando o título ridículo, o que podemos dizer de Entrando Numa Fria maior Ainda com a Família? Na terceira parte da trilogia (vamos rezar que seja apenas uma trilogia), que teve início em 2000 com Entrando Numa Fria, Gaylord 'Greg' Focker (Ben Stiller) parece ter finalmente conquistado a confiança de seu sogro e ex-agente da CIA, Jack Byrnes (Robert De Niro). Tanto que Byrnes, depois de levar um grande susto com um ataque cardíaco, decide nomear Greg como o novo líder da família, “The God Focker”.

Meet the Parents (2000) e Meet the Fockers (2004), os dois primeiros, não são exatamente obras primas do mundo do entretenimento. Mas fazem o que precisam fazer, isto, é, causar boas risadas. O que salvou a segunda continuação foi a participação de Dustin Hoffman e Barbra Streisand, como os pais de Greg. Os dois dão vida ao filme e é com Hoffman que ficam as melhores piadas. Mas aqui em Little Fockers, nem mesmo isso salva.

fsfFDF

O filme é sem graça, forçado e poderia muito bem não existir. Confesso que senti um pouco de vergonha por ter pago R$6 para assisti-lo e também por ver atores tão bons reunidos em uma coisa tão medíocre. O filme foi inicialmente gravado sem a participação de Hoffman, que havia se negado a tomar parte da produção. O motivo divulgado foi conflito de agenda e o tamanho do papel, que seria pequeno demais na opinião do ator. Também foi dito que os produtores não haviam chegado a um acordo sobre o salário.

Hoffman é um dos meus atores favoritos, e já vi algumas entrevistas com ele falando a respeito de personagens pequenos e como, nos últimos tempos, preferia este tipo de papel. Fica difícil acreditar que um ator que disse “amo atuar, e não irei determinar o que faço baseado no que os outros irão pensar, eu faço o que quero fazer” possa ter se negado a participar de um filme apenas porque o papel era pequeno ou por não ter um cachê satisfatório.

Depois que as gravações já haviam sido encerradas, Hoffman, misteriosamente, aceitou participar. Refilmagens foram feitas e ele aparece na tela em apenas quatro cenas, todas completamente descartáveis. O que teria levado o ator a aceitar a participar deste filme horroroso? Acredito que algo como isso deva ter acontecido:

Kodak Theatre

Streisand: Dustin, can you hear me?

Dustin: Não, não... Eu já disse que não irei participar daquele troço!

Streisand: Where are you now that yesterday has waved goodbye and closed its doors?

Dustin: Você ao menos leu o roteiro? Eu usei ele como papel higiênico e me assou todo!

Streisand: Dustin, se eu disse sim, você também tem que dizer! Você não pode me deixar sozinha nessa, darling!

Dustin: Mas por que você foi aceitar?? Pelo amor de Deus, Babs!

Streisand: Eles sequestraram o Josh Brolin, James está arrasado!

Dustin: All right... All right... Mas eu não vou me esforçar!

Dustin-Hoffman3

E ele não se esforçou mesmo. Dá para ver nos rostos dos dois atores que eles não queriam estar ali e que estão com vergonha por estarem participando de algo desta qualidade. É como se estivessem pedindo desculpa. Barbra até tenta agradar, mas seu ânimo está tão para baixo que tive vontade de entrar na tela do cinema e salvá-la de tal martírio. Dustin sabe se virar, não precisa de minha ajuda.

dustin_hoffman_15787

Robert De Niro e Ben Stiller estão exatamente igual aos filmes anteriores, seguindo a fórmula Stiller faz bobagem / De Niro fica irritado. Blythe Danner, que interpreta a esposa de Jack, está ainda mais sem graça, ficando de lado mesmo aparecendo mais do que Hoffman e Streisand. O mesmo vale para Teri Polo, no papel de esposa de Greg. Essas duas personagens são tão importantes para a história que ficam atrás de uma figurante na lista de atores do IMDb:

dã

E quanto aos tais “pequenos Fockers”? Os gêmeos, interpretados por Daisy Tahan e Colin Baiocchi, são apenas a desculpa para que o filme exista, já que a história se foca mais uma vez no relacionamento sogro e genro.

ben-stiller-little-fockers

Mas nenhum dos personagens me aborreceu mais do que o de Jessica Alba. Não gosto da atriz, nunca gostei, e isso só contribuiu para me irritar ainda mais com Andi Garcia, uma representante comercial de um laboratório farmacêutico / ex-enfermeira / sem noção / louca por sexo / que devia estar internada. Cada vez que a personagem aparecia em cena, meu estômago se revoltava. Sim, nós entendemos, ela é gostosa. Sim, ela tem o mesmo nome do Andy Garcia. Sim, ela quer fazer sexo com o Ben Stiller, mesmo que ninguém saiba o porquê.

little-fockers-jessica-alba-photoAlba: Olá! Eu vim aqui fazer uma cena sem sentido e dar em cima de você sem um bom motivo para isso!

Sei que me foquei bastante nos atores, mas é isso que esse filme é: um bando de atores deslocados fazendo coisas idiotas, quando poderia estar fazendo algo que preste. Entrando Numa Fria maior Ainda com a Família me lembrou do episódio especial de reencontro do The Dick Van Dike Show, onde todo o elenco, velhos e deprimidos, relembram os episódios engraçados e como a vida deles eram melhor na época em que eles tinham uma carreira.

fsafdsafasd

Little Fockers (2010)
Direção: Paul Weitz
Roteiro: John Hamburg, Larry Stuckey
Elenco: Robert De Niro, Ben Stiller, Owen Wilson, Dustin Hoffman, Barbra Streisand, Blythe Danner, Teri Polo, Jessica Alba, Laura Dern, Daisy Tahan, Colin Baiocchi

2 comentários:

Juliano Moreira disse...

Ai, ai! Bem que avisei que o filme não prestava!
Essa comédia forçada com personagens absurdos... Não podia sair outra coisa se não uma continuação sem sentido. Que venham as próximas 35 sequências!

Pri Zorzi disse...

Eu sou suspeita pra falar, porque o primeiro Entrando Numa Fria é um dos meus filmes de comédia preferidos! Nossa, como dou risada com aquilo! Mas a segunda parte eu já achei beeeem mais fraca. O Dustin e a Streisand estão ótimos nos papéis, mas tem muita piada forçada.

Detalhe que eu li e fiquei pensando "poh, mas ela não gosta do Andy Garcia???", hahahaha xD

Fiquei com medo que o filme focasse demais nas crianças e parecesse algo tipo "O Pestinha 2" (que era divertido na época). Mas requentar as piadas dos filmes anteriores também não dá.

Pra mim a regra de ouro das continuações deveria ser essa: se não tem nada pra acrescentar, não acrescente nada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...