segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Amor por Contrato

cinema-The-Joneses (1)

Tenho uma tolerância muito grande (maior do que tinha antigamente) a títulos horrorosos. Mas depois de aguentar coisas como Coincidências do Amor, Quando me Apaixono, Par Perfeito, Direito de Amar, Amor Sem Escalas e A Garota Ideal, minha paciência chegou ao fim. Todos estes filmes tem algo em comum: são vendidos como romance quando, muitas vezes, nem ao menos existe tal coisa no mundo daqueles personagens. O título brega que poderia muito bem estar em um cd da Ivete Sangalo é sempre acompanhado por um pôster ridículo que não tem nada a ver com o filme.

Sem título

Quando comentei a respeito de Amor por Contrato com minha amiga, lhe disse que ele era um filme bom, apesar dos clichês. Ela respondeu que é “bem difícil não fazer uma comédia romântica previsível hoje em dia”. O título original de Amor por Contrato é The Joneses e, apesar de ter elementos românticos, em nada se assemelha a uma comédia do gênero. Para começar, vamos comparar os pôsteres do filme, o original e o brasileiro. No pôster original (clique aqui para vê-lo em boa qualidade) temos a família Jones, com suas roupas perfeitas, seu carro perfeito, sua casa perfeita, seus filhos perfeitos, sua mãe perfeita e seu David Duchovny viciado em sexo perfeito. Todos cercados pelo valor de tal perfeição. Gel de cabelo? $18. Jaqueta de couro? $1500. E por aí vai. Ser um Jones custa caro. Eles são lindos e perfeitos, e você não é.

Este é o pôster nacional:

filme-amor-por-contrato

Não consigo ver o quão perfeitos eles são. A única coisa que consigo ver é como o Duchovny está prestes a estuprar a Demi Moore, para aliviar o seu vício, enquanto ela ri de nervosa. Esse poster é ruim em tantos sentidos que eu provavelmente teria um ataque epilético antes de conseguir finalizar a análise. Vou me ater no mais óbvio. Olhe esta foto:

Amor Por Contrato 3

Agora olhe o pôster novamente. Eles não se dignaram nem a pegar uma foto do casal sozinho, se contentando em cortar porcamente o resto da família da imagem. Dá para ver um pedaço da cabeça da Amber Heard ali no canto! Me admiro de eles não terem chamado o filme de “Jone”.

cinema-The-Joneses

Na história, vemos uma família perfeita se “vendendo” para seus vizinhos. Tudo nos Joneses é melhor. Seus aparelhos eletrônicos de última geração, roupas da moda, cosméticos milagrosos, beleza infinita, etc. As pessoas comuns não querem apenas ter coisas parecidas com as que o Joneses tem. Não. Eles querem ser os Joneses. O modo de vestir, de falar, de transar... Mas acredite, ninguém no mundo real é como os Joneses.

willis-moore-ashton-familyCom exceção da família da Demi Moore

Isso porque os Joneses não existem! Eles são atores/vendedores contratados por uma agencia publicitária para fazer propaganda de seus produtos para pessoas de uma pequena comunidade. O filme mostra o poder que o consumismo tem sobre as pessoas, que fazem qualquer coisa para atingir um certo status e que, ao não conseguirem, acabam se afundando em dívidas ou em depressão. Exatamente como uma comédia romântica, certo? Obviamente existe romance no filme, ainda estamos falando de Hollywood, mas isso não é o que importa.

O pôster, em nenhum momento indica sobre o que o filme trata, dando uma ideia completamente errada sobre ele. Quando fui assistir O Golpista do Ano, várias pessoas saíram no meio do filme porque não estavam esperando uma comédia homossexual. Imagino que o mesmo aconteça com este filme. Não acho que alguém fique indignado com a história, mas li várias críticas a respeito, pessoas que perderam completamente o sentido da coisa. Pessoas indignadas com o fim de um dos personagens (não direi qual, só digo que não é nada bonito) ou então irritadas, pois o filme não usa todo o seu potencial.

Não, The Joneses não usa todo o potencial caótico que ele tem, mas, como disse ali em cima, isso ainda é Hollywood. Não podemos esperar muito. Se o que você procura é profundidade, assista isso. Mas não significa que o filme seja ruim e que seu diretor, Derrick Borte, não seja corajoso o suficiente para falar sobre esse tipo de doença social.

Como eu disse, existem várias coisas erradas com esse pôster, mas a principal é subestimar o espectador, achando que ele não saberá lidar com o filme. No fim, saem perdendo, pois o público comum entra na sala de cinema achando que verá uma bela comédia romântica sobre um casal lindo e simpático, e acaba por ver a sua própria mediocridade e escravidão jogada em sua cara.

amor-por-contrato-1

The Joneses (2009)
Direção: Derrick Borte
Roteiro: Derrick Borte
Elenco: Demi Moore, David Duchovny, Amber Heard, Ben Hollingsworth

6 comentários:

Juliano Moreira disse...

O filme é muito bom, mas não sendo profundo no principal tema dele. Mas tá bom assim mesmo.
Não tinha me dado conta de que a capa brasileira era essa foto da família. Eles tem essa imagem pendurada na parede da sala da mansãozinha deles.

Queria muito conhecer os caras que criam os títulos brasileiros. O que passa na cabeça dessas pessoas?! Ou passa algo mesmo?

Pinu disse...

Nossa, tu vendeu o filme pra mim! Eu olhava praquele poster no cinema e não tinha a menor vontade de saber mais nada sobre o filme! Agora fiquei com vontade de ver! xD

Eu também quero ver o 2012: http://www.youtube.com/watch?v=gV93H2lK1t4&feature=player_embedded

Pri Zorzi disse...

LUAN SANTANA, hahahahaha xD

Pqp, só essa piada do CD valeu o texto.

Nossa, o poster original é bem melhor! O brasileiro não te diz nada do filme, além de que a Demi Moore parece gostar da idéia de dar pro Duchovny. Mas e quem não?

Pior é que quando eu fiquei sabendo sobre o que era o filme, a idéia me pareceu muito boa. Mas querer enquadrá-la em comédia romântica é justamente o que estraga, seria bacana um filme mais ácido. Mas enfim, não sei como fizeram a coisa pra poder avaliar, né.

Leli disse...

HAHAHAHAHAHAHAHAHA
ADOREI O CONTRASTE DOS POSTERS!

Bruno disse...

Nossa, seu texto é perfeito, uma das melhorescríticas que eu li a respeito desse filme, q no caso já assisti e gostei bastante. Você está de parabéns - Adoro a Amber Heard.

Anônimo disse...

I like this site^-^

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...