terça-feira, 16 de novembro de 2010

Scott Pilgrim vs. The World

scottpilgrim

Fazia tempo que um filme me agradava tanto quanto essa, me atrevo a dizer, obra prima dirigida por Edgar Wright (diretor de Todo Mundo Quase Morto) e com Michael Cera (Juno) no papel principal. A montagem ousada, a direção de arte colorida, o roteiro inteligente e engraçado, as atuações falsamente forçadas, os personagens idiossincráticos, o toque non-sense e a participação carismática de Cera se unem para formar esse elixir maravilhoso.

scott-pilfrim-the-movie-divulgação

Em meio a tantas comédias forçadas, como Um Parto de Viagem e A Ressaca (ambos de 2010), Scott Pilgrim é um filme ousado que brinca tanto com as histórias em quadrinhos (de onde surgiu) quanto com os videogames. Scott (Cera) toca em uma banda indie, cujo propósito é "te fazer pensar na morte, ficar triste e esse tipo de coisa". Um dia ele conhece uma garota chamada Ramona (Mary Elizabeth Winstead, de Premonição 3), por quem se apaixona perdidamente. Acontece que, para ficarem juntos, ele deverá lutar contra os sete ex-namorados malignos dela.

ramona-flowers-scott-pilgrim-comicMary-Elizabeth-Winstead-as-Ramona-Flowers-in-Scott-Pilgrim-vs-The-World-mary-elizabeth-winstead-7743435-2560-1440

scott-pilgrim-vs-the-world-movie-image-22-600x321scott-pilgrim-vs-the-world

O filme é uma grande metáfora para o mundo dos relacionamentos, o que fica claro quando Ramona diz que, por mais que ela tente, nunca consegue escapar de seu passado. Quem já namorou, sabe como é difícil conviver com a imagem de ex-namorados (ou "exes", como ela insiste em dizer) que vez ou outra resurgem apenas para atazanar.

A liga dos ex-namorados malignos é formada por Satya Bhabha, Chris Evans, Brandon Routh, Mae Whitman, Keita Saitou, Shota Saito e Jason Schwartzman. Quem mais se destaca é Routh (Superman Returns), que interpreta o ex que possui poderes mágicos veganos, adquiridos pelo não consumo de "carne, ou leite, ou ovo, ou qualquer criatura que tenha um rosto” e, assim, se tornando “melhor do que as outras pessoas”.

032510_pilgrim21

O filme é cheio de frases memoráveis (não encontrei nenhum crítico que não dissesse estar "in lesbian" pelo filme), como “Well, honey, l'm a little bi-furious” e “You once were a vegone, but now you will be gone”, trilha sonora de jogos de videogame e efeitos especiais espetaculares, de deixar Avatares da vida de queixo caído.

Infelizmente, talvez pela ousadia do filme, talvez por ser "indie de mais", ou quem sabe por Edgar Wright ser pouco conhecido por aqui, o filme acabou indo apenas para os cinemas são-paulinos, deixando muitos cinéfilos no resto do país em uma espera aparentemente inútil. A única salvação, além da maravilhosa "locadora online" Pirate Bay, é rezar para que o filme faça tanto sucesso em São Paulo que não reste outra alternativa se não enviá-lo para os outros estados. Como sempre, o desrespeito aos amantes do cinema reina aqui no Brasil.

michael_cera_as_scott_pilgrim

Scott Pilgrim merece um tratamento melhor do que este. Afinal, são poucos os filmes que conseguem ser inteligentes e engraçados ao mesmo tempo. E, para não quebrar a tradição, tenho certeza de que você irá “lesbian a lot” esse filme!

scott pilgrim movie

Scott Pilgrim vs. the World (2010)
Direção: Edgar Wright
Roteiro: Michael Bacall e Edgar Wright, baseado na história em quadrinhos de Bryan Lee O'Malley
Elenco: Michael Cera, Alison Pill, Mark Webber, Johnny Simmons, Ellen Wong, Kieran Culkin, Mary Elizabeth Winstead, Anna Kendrick, Satya Bhabha, Chris Evans, Brandon Routh, Mae Whitman, Keita Saitou, Shota Saito, Jason Schwartzman

5 comentários:

Juliano Moreira disse...

Lesgas mil!!!
O mais original do ano!!! \o\

Tomara que façam muitos outros filmes como o mesmo carinho pela edição desse jeito.

Pri Zorzi disse...

O foda é que só escuto reviews positivas - e quando digo "positivas" digo que todo mundo que viu ficou enlouquecidamente apaixonado pelo filme - e mesmo assim o filme não vem pra cá. Me parece que nos EUA ele teve uma estréia abaixo do esperado também, o que fez eles ficarem mais receosos com a distribuição.

É legal que os dois filmes que eu mais esperava agora no final do ano, Scott Pilgrim e Machete, não vão vir pra cá. Pelo Scott Pilgrim, então, eu tava babando.

Josh disse...

Quero ver esse filme porra!!!!

Ex-namorado do mal =D disse...

Gostei muito da resenha! Scott Pilgrim (juntamente com Machete) foram os filmes que mais me deixaram eufórico, com um sorriso no rosto e com brilho radiante nos olhos (não tanto quanto os olhos do vegano, baixista, burro e ex-namorado do mal, mas tá valendo!). Gostou do filme? Então leia os quadrinhos. Garantia de tu amar x10 e te garanto mais 500 pontos de experiência! Lesbian it!

Leli disse...

THE BIGGER AND MORE AWKWARD MICHAEL CERA MOVIE
:D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...