quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Comer Rezar Amar

poster_comer-rezar-amar_1

Comer Rezar Amar é mais novo filme do diretor Ryan Murphy, conhecido por Correndo com Tesouras e pela série Glee. Baseado no best-seller autobiográfico de Elizabeth Gilbert (Julia Roberts), conta a história de uma mulher que se vê em uma vida insatisfatória e resolve embarcar em uma viagem de autodescobrimento pela Itália, Índia e Indonésia.

Além de Julia (que ganhou Oscar em 2000, por Erin Brockovich), o elenco também conta com a participação de Billy Crudup, como o marido abandonado; Javier Bardem, outro divorciado à procura de refugio; e Hadi Subiyanto, um sábio indonésio que a ajuda a se descobrir.

O livro de Gilbert ficou 150 semanas consecutivas na lista de livros mais vendidos do New York Times e, segundo o jornal, é carregado de “uma mistura de inteligência, sabedoria e exuberância coloquial que é quase irresistível, fazendo o leitor sentir-se feliz de escutá-la, como se fosse um amigo”.

Confesso que o livro está na minha prateleira há quase um ano e ainda não li. Mesmo assim, consigo notar que ele não foi muito bem adaptado e os problemas de Gilbert acabam parecendo muito mais superficiais do que realmente devem ser. É Julia quem salva isso, e é incrível como ela ainda me agrada mesmo interpretando a mesma personagem desde 1987.

O filme é agradável de ver, bonito e consegui me identificar muitas vezes com a personagem (menos na parte de resolver os problemas indo comer na Itália... geralmente eu resolvo os meus problemas vomitando). O único problema é o número enorme de estereótipos apresentados, questão que fica muito mais fácil de identificar já que o personagem de Javier Bardem (espanhol) é brasileiro. O filme causou tumulto com os italianos por causa disso, já que eles são mostrados como pessoas gritonas, que falam gesticulando e se entopem de comida e sexo o tempo todo.

Felipe, o personagem brasileiro, tem sotaque espanhol, beija o filho na boca, é romântico, escuta Bossa Nova e chora por qualquer coisa. Já a mulher brasileira é mostrada como uma mulher seminua que faz amizade fácil... Bem, tem várias palavras brasileiras para isso.

Mas, como eu disse, esse é o único problema grave do filme. O segredo é não levá-lo muito a sério e se divertir.

eat pray love movie

Eat Pray Love (2010)
Direção: Ryan Murphy
Roteiro: Ryan Murphy e Jennifer Salt, baseado em um livro de Elizabeth Gilbert
Elenco: Julia Roberts, Billy Crudup, Javier Bardem, Hadi Subiyanto, Viola Davis, James Franco, Richard Jenkins

Um comentário:

Juliano Moreira disse...

Nada como um americano transformando um livro bom em um filme medíocre enquanto ridiculariza as outras nações. =D

Pelo menos foi agradável de ver o simpático Hadi Subiyanto.
"Cause i have no teeth". Como ele diz uma hora. hehe

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...