terça-feira, 31 de agosto de 2010

Par Perfeito

Jen (Katherine Heigl) e Spencer (Ashton Kutcher) tem um casamento invejável. Até que Jen descobre que Spencer é um matador aposentado, que está sendo caçado por outros assassinos. Os dois precisam fugir para salvar suas vidas, descobrir quem colocou a cabeça de Spencer a prêmio e resolver os problemas matrimoniais.

Sem título_thumb[3] (1)

A impressão que Sr. E Sra. Smith Encontro Explosivo Caçador de Recompensas Par Perfeito passa é de déjà vu. Você já viu esse filme, conhece essas personagens, já sabe como tudo vai acabar. O filme mistura a fórmula de Sr. e Sra. Smith com Encontro Explosivo, mas esquece de trazer uma personagem feminina forte como a personagem de Angelina Jolie ou piadas mais elaboradas como as de... Angelina Jolie.

O que irrita mais em Par Perfeito são as cenas absurdas de ação. Não, ninguém voa de prédios ou ataca um helicóptero com as próprias mãos. As cenas de ação se passam, em sua maioria, em um subúrbio cheio de casas e pessoas. E nunca ninguém escuta nada! Nunca ninguém acorda com os tiros ou sai para ver a perseguição de carros que está destruindo todos os jardins da rua. Ninguém parece se incomodar!

Sem títuloh_thumb[3]

Spencer arranca a porta da garragem, depois de um tiroteio. Sua vizinha não parece se importar.

Sem títulox_thumb[3]Um carro persegue Jen e Spencer, arrebentando as cercas das casas, logo depois de outro tiroteio. Várias casas mostram sinal de não estarem vazias.

Mas isso é explicado pelo fato de que todas as pessoas do elenco, com exceção de Katherine Heigl, são assassinas! Todas! E não é exagero. E nunca ninguém tenta matá-los de maneira sutil. Para que se esconder e atirar na pessoa, quando você pode perseguir ela com um carro e depois atirar nela com uma metralhadora? Todos os assassinos desse filme saíram de uma história dos Looney Tunes. Fiquei esperando alguém jogar uma bigorna em Spencer.

images_thumb[3]

O filme tem algumas piadas boas, Heigl é uma boa atriz (pelo menos interpretando mulheres histéricas – ela poderia estar no elenco de Desperate Housewives) e qualquer coisa que tenha o Tom Selleck fica sexy. Mas nada disso compensa as falhas. Jen é uma personagem que beira o insuportável, sempre gritando e atrapalhando. Sua mãe (Catherine O'Hara) está sempre bêbada, como se isso fosse algo divertido (ok, admito que é…). As cenas de ação, como eu já disse, são ridículas. E o roteiro é tão previsível que em certos momentos você até pode dizer as falas antes dos personagens.

1841570_460s“ Aposto R$5 que ela vai começar a gritar e ele vai tirar a camiseta!”

Par Perfeito é mais uma história para boi dormir. Não é o pior filme do ano, mas está muito longe de ser o melhor.

588e2df0e100eb82e82ab86c043cc233-sc_thumb[3]

Killers (2010)
Direção: Robert Luketic
Roteiro: Bob DeRosa, Ted Griffin
Elenco: Ashton Kutcher, Katherine Heigl, Tom Selleck, Catherine O'Hara

5 comentários:

@danimascolo disse...

Alguma coisa com Ashton Kutche poderia ser boa?

Pinu disse...

Alguma coisa com Ashton Kutcher poderia ser boa?²

Paloma disse...

Eu gosto de That 70's Show :-D

Juliano Moreira disse...

Efeito Borboleta!
Mas porque o filme é interessante. Não por causa dele!

Paloma disse...

Virou fórum do Ashton Kutcher :'(

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...