quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Direito de Amar

a-single-man-poster

George (Colin Firth) está dilacerado pela morte de seu companheiro Jim (Matthew Goode) e, em um dia decisivo para a sua vida, começa a relembrar fatos do passado e a viver cada instante desse dia como se fosse o seu último. Direito de Amar (A Single Man, no original) é um péssimo título para um filme tão poético quanto esse. O filme fala sobre amor, mas esse não é o seu foco principal. O foco são as pequenas coisas da vida, aquelas que nos fazem querer viver. George acredita ter perdido isso quando Jim morreu e por isso já não consegue sentir prazer em mais nada.

Para George, já não existem mais motivos para acordar pela manhã. “Nos últimos oito meses, acordar foi realmente doloroso. A fria descoberta de que ainda estou aqui começa a aparecer”, ele diz, repetindo sua rotina matinal.

Este é o primeiro filme do estilista Tom Ford e é baseado em um livro de Christopher Isherwood (cujo conto Goodbye to Berlin foi a base do filme Cabaret, de Bob Fosse). Colin Firth, que interpreta o personagem principal, está excelente e é uma pena que não tenha ganho o Oscar de Melhor Ator. Este é, com certeza, um dos melhores papéis dele até hoje.

No papel da melhor amiga de George, está Julianne Moore, sempre deslumbrante e maravilhosa. Seu papel é pequeno, mas crucial a trama. Neste dia tão decisivo da vida de George, muitas pessoas passam por seu caminho. Uma delas é Kenny (vivido pelo menininho de Um Grande Garoto, Nicholas Hoult, que fez um ótimo trabalho crescendo), um aluno de George que diz que o passado não importa, o presente é insuportável e o futuro não existe. Esta seria a chave deste filme tão sensível e claustrofóbico.

a_single_man04_thumb

A Single Man (2009)
Direção: Tom Ford
Roteiro: David Scearce e Tom Ford, baseado em um livro de Christopher Isherwood
Elenco: Colin Firth, Julianne Moore, Nicholas Hoult, Matthew Goode Jon Kortajarena, Lee Pace

2 comentários:

Juliano Moreira disse...

Acho que tu gostou desse filme pelo excesso de nudez associado a ele.
Além do mais tu sempre quis ver o bumbum do Graaaaaaaande Garoto. Não é?!

MANDINGO!

Pinu disse...

"fez um ótimo trabalho crescendo"! uhauhuhauhahuhuauhahuuha xD

bah, que tri, fiquei com vontade de ver! não sei porque, tava meio com pé atrás com esse filme, acho que o título em português não ajudou muito.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...