sábado, 19 de dezembro de 2009

Atividade Paranormal

Atenção: contém spoilers

Em 1999 estreou um filme que mudaria muito a cara do cinema: A Bruxa de Blair. O filme nada mais era do que um "vídeo caseiro", que mostrava três jovens gravando um documentário sobre uma bruxa. Depois disso surgiram vários filmes imitando o estilo, como Cloverfield, Diário dos Mortos, o filme pornô da Paris Hilton... O filme do Judas Dançarino de hoje é um filme imitão deste estilo. Um filme que está na boca do povo, causando o maior bafafá. Estou falando de:

Antes de narrar, queria só tentar explicar o porque de todo esse fuzuê em cima de um filme tão tosco. Para começar, ele foi vendido como se tudo o que acontece nele realmente tivesse acontecido. Ao contrário dos três filmes que citei no parágrafo de cima (bruxas, monstro gigante, zumbis), Atividade Paranormal vende algo plausível: fantasmas.
 
Se você é um daqueles que acham que fantasmas não existem, que é tudo balela que a mídia inventou para vender filmes, bem, então liga para minha tia de Pelotas que há mais de 10 anos tem que lidar com uma mulher de branco sem cabeça que insiste em subir as escadas da casa dela e desligar a televisão (ok... a história da televisão aconteceu só uma vez, quando eu estava sozinha no andar de cima assistindo Cartoon Network... Mas a mulher aparece todo dia). Ou então fala com a minha irmã que acordava de madrugada assustada porque irmãzinha dela de dois anos (eu) estava gritando e apontando para parede, ou então ajoelhada na cama rezando como louca. Ou fala com minha outra tia, que vê espíritos desde criança... Meu Deus... Como a minha família é disfuncional...
 
Onde eu estava mesmo? Ah sim, o filme... Atividade Paranormal tenta assustar com sua realidade, mas no fim peca com atuações medíocres e cenas clichês. O trailer trazia imagens de pessoas assistindo ao filme e gritando desesperadas. Para início de conversa, vi esse filme em um cinema lotado e NINGUÉM teve reações parecidas com a dessas pessoas. A mulher que estava do meu lado quando fui ver Abraços Partidos (Pedro Almodovar, 2009) reagia mais do que as pessoas que estavam no Atividade Paranormal.
 
Em segundo lugar, toda a realidade que eles querem passar se acaba devido as más atuações e falta de química entre os dois personagens. O filme mostra um casal - Katie e Micah - em sua casa, tentando lidar com problemas paranormais que insistem em acontecer em volta de Katie. Micah compra uma câmera para filmar os dois o tempo todo, afim de recolher provas sobre as coisas que estão acontecendo.
 
Photobucket
 
Katie sofre esses ataques desde que tinha oito anos de idade, quando acordava de madrugada e via nos pés da cama um vulto olhando para ela. Hoje, ela é atormentada durante a noite por barulhos sem explicações e luzes que se acendem sem motivo. O engraçado aqui é que os dois namoram a três anos e ela NUNCA contou nada para ele sobre isso... Então quer dizer que eles estão juntos há três anos e ele nunca notou? Nunca dormiram no mesmo quarto? Nunca foram viajar no final de semana? Sem falar que, se ela passa por isso há tanto tempo, era de se esperar que ela contaria para o cara com quem ela decidiu passar o resto da vida dela.
 
Apesar de Katie ser uma songa-monga que nunca procurou ajuda, Micah não é assim e os dois chamam um medium para resolver o caso. Mas o cara não aceita ajudar, porque aquilo que está derrubando chaves durante a noite não é um espírito e sim um demônio e isso estava fora da jurisdição dele. O medium sugere que eles liguem para um demonólogo que é amigo dele. Sério... Demonólogo deve ser a profissão mais legal do mundo para se colocar em cadastros!
 
Nome: Paloma Rodrigues
Idade: 22 anos
Sexo: Por favor
Profissão: Demonóloga
 
Photobucket
O medium explica que o que o demônio quer é possuir Katie. Durante o filme isso fica cada vez mais óbvio, especialmente quando o demo deixa para trás uma foto muito antiga dela, que deveria ter sido queimada em um incêndio que aconteceu quando ela era criança. Ele também quebra um porta retratos com uma foto do casal, apenas na parte onde está a cara de Micah:
 
Photobucket
 
Como Micah é muito inteligente, decide que chamar uma pessoa especializada não é a melhor opção e resolve cuidar do caso ele mesmo. E como ele faz isso? Simples... Comprando um livro velho e atormentando o demônio! Claro... Porque isso é a coisa mais óbvia a se fazer. Para que procurar ajuda especializada quando podemos ofender um ser mais poderoso que a gente?
 
Katie passa o filme todo implorando para que Micah pare, mas ele não escuta e continua infernizando. Ele chega a trazer uma tabuleiro ouija, mesmo tendo prometido para Katie que não faria isso. Ele deixa o tabuleiro na sala e os dois saem de casa (sem desligar a câmera!) e então um vento bate, o indicador do tabuleiro se mexe, e ai pega fogo. Mais tarde, Micah analisa a fita e chega a conclusão que o Demônio queria dizer "Diane" para eles... Talvez o nome do demônio seja Diane e ele seja um travesti...
 
Photobucket
 
A situação fica cada vez pior e Micah fica cada vez mais chato, até que eles resolvem ligar para o tal demonólogo. Mas este não está no país e o mundo dos dois entra em colapso! Vai ver esse é o único demonólogo do mundo... Que nem o padre do Terror em Amityville.
 
Para não ter que descrever o filme todo (acredite... nada de extraordinário acontece, e a estrutura do roteiro é basicamente tensão / descontração / tensão / descontração / tensão / descontração do início ao fim), vamos as três cenas mais assustadoras de Atividade Paranormal:
 
1) Quando ela encara: Isso acontece duas vezes durante o filme. Na primeira, Katie se levanta no meio da noite e fica em pé ao lado da cama, olhando para Micah enquanto este dorme. Por horas! Pode até não parecer tão assustador quando eu descrevo, mas tente dormir depois de assistir isso!
 
 
2) Quando ela é arrastada: Eles estão dormindo e do nada Katie é arrastada da cama. O jeito como ela cai é simplesmente horrível! É como se todo o corpo dela estivesse mole, derretendo.
 
 
3) O final: Quando eles já não aguentam mais, decidem fugir de casa, mas em cima da hora ela diz que não quer ir. Durante a noite, ela levanta e fica encarando ele novamente por mais tempo do que a vez anterior. Então ela sai de cena e começa a gritar - primeiro assustada e depois de maneira animalesca. Micah corre para ajudá-la, grita, sons de briga, e silêncio. A câmera fica gravando a porta por algum tempo, sem que nada aconteça. Então dá para escutar passos muito pesados, subindo as escadas. Silêncio novamente... E o cadáver de Micah é arremessado contra a câmera! Katie entra no quarto, toda ensangüentada, "fareja" o corpo, e... ãhn... come a câmera?
 
Achei o final muito muito muito clichê de Hollywood. Por que o demônio olharia para a câmera e a atacaria? Em nenhuma outra cena ele parece se importar com a existência da câmera, por que se importar agora? E isso é o menor dos furos. Apesar disso, fiquei bem assustada quando ela jogou ele. O filme tem mais dois finais, que talvez venham no dvd. Em um deles ela mata Micah fora do quarto, volta sozinha toda ensangüentada e fica sentada perto da cama por dias, até que a polícia aparece. No outro, ela caminha até a câmera depois de matar ele e, sem olhar diretamente para esta, corta a garganta. Acho que o ideal seria um fim que misturasse ela atirando ele com ela sentada na beira da cama por dias.
 
O que vem a seguir é um jogo que vi no IMDB., que irei fazer minha própria versão. Vamos lá, vamos lá... TOP 10: Coisas que aprendi olhando Atividade Paranormal:
 
1) Quando um demônio te atacar, NÃO PROCURE AJUDA! Não importa que isso venha acontecendo desde que você tinha 8 anos, não importa que ele tenha colocado fogo na sua casa, não importa que ele queira matar seu namorado. Buscar ajuda é para fracos!
 
2) Apesar de demônios deixarem marcas de pegada, ligarem luzes, fazerem barulho ao subir as escadas, terem que abrir portas e alçapões para conseguirem entrar na casa... Eles jamais disparam alarmes. Na verdade.... Nem você irá disparar o alarme, mesmo que saia correndo por dentro de casa de madrugada.
 
3) Não importa o quanto sua namorada implorar, JAMAIS faça coisas que você prometeu ou coisas que ela pedir. Mais uma vez: Isso é coisa de pessoa fraca!
 
4) Se você for atormentado por um demônio, não conte para ninguém. Nem para a sua família, nem para seu namorado.
 
5) Demônios têm os pés do mesmo formato dos do Garibaldo.
 
Pegadas no talco
Photobucket
 
6) Nunca, jamais, deixe a Paramount tocar em algo que é seu.
 
7) Demônios são narcisistas que adoram ser filmados.
 
8) Pessoas que aceitam ser filmadas para aparecer em trailers são fracas e facilmente impressionáveis.
 
9) Abraços Partidos é um filme bem mais envolvente.
 
10) Demônios possuem bolsas para guardar fotos velhas.
 
Apesar de todos os defeitos, Atividade Paranormal é um filme bom que ganha pontos por tentar e por ser original na maior parte das vezes - e por ter me deixado com depois que o vi. E o roteiro não assusta tanto quanto deveria, mas isso é culpa do trailer que acabou caindo nas mãos de uma produtora imbecil Paramount e cria expectativas que um filme de U$15 mil não teria como satisfazer. Pelo menos isso fez com que este se tornasse o filme que mais lucrou de todos os tempos (U$9.1 milhões na primeira semana), abrindo caminho para que o diretor (Oren Peli) possa explorar mais seu talento. Aconselho assistir ele em casa, na companhia de alguém que vá ficar para dormir ou então junto de um grupo de amigos barulhentos (posso emprestar os meus).
 
Então é isso... Meu nome é Paloma e eu juro por Deus que meus ataques demoníacos pararam!
 
NOT!
Paranormal Activity (2007)
Direção: Oren Peli
Roteiro: Oren Peli
Elenco: Katie Featherston e Micah Sloat

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...