sábado, 31 de outubro de 2009

A Órfã

Atenção: contém spoilers

Sabe aqueles filmes que todo mundo fala bem, faz o maior sucesso no cinema, você assiste vinte vezes e ai compra o DVD na pré venda, só para poder assistir de novo quando quiser? Não é o caso deste filme. Não... Este é um daqueles que você finge que não viu quando alguém pergunta sobre ele. Aqueles que você prefere morrer a assistir de novo. Você só assiste até o final porque fica curioso e ai quando acaba você se arrepende amargamente. Estou falando do pior filme de suspense de 2009...

clip_image001

O pôster anuncia "Há algo de errado com Esther". Sim, há... Ela aceitou participar deste filme. Dirigido por Jaume Collet-Serra (A Casa de Cera) e com Peter Sarsgaard, Vera Farmiga e Isabelle Fuhrman (interpretando a "pequena" Esther), A Órfã é um filme ruim, sem sentido, ofensivo e imbecil. Por quê? Explico!

O filme começa com uma mulher chegando ao hospital, prestes a dar à luz. Ela começa a sangrar e a levam para a sala de parto. Lá, os médicos parecem não se importar com o fato de que o bebê está morto e lhe entregam um feto ensanguentado, enrolado em um pano.

clip_image003

Isso tudo é um sonho e então conhecemos os Colemans, uma família típica americana: Kate, uma mãe alcoólatra e obcecada por um aborto que teve há muitos anos; John, um pai ausente e marido infiel; Max, a menina surda com nome de homem; e Danny, a criança chata. O casal é infeliz porque os seus dois filhos biológicos não são o suficiente para sustentar a sua ganância, e resolvem adotar uma menina.

Orphan-movie-review_l

Os dois vão até um orfanato (que eu juro por Deus, é a mesma casa do A Profecia... acho...) e encontram Esther, uma garota russa de nove anos, inteligente, talentosa, bonita, que fala duas línguas, toca piano e que conversa como se tivesse 30 anos de idade. Igualzinha a mim. Garanto que essa guria é, na verdade, a reencarnação do bebê que morreu e veio se vingar! Certo que é! Eles a adotam, sem nem mesmo ver as outras crianças e a levam para conhecer seus filhos biológicos indesejados. Max se dá muito bem com Esther, mas Danny fica com ciúmes e não quer nem saber da nova irmã. John e Kate fazem de tudo para agradar sua nova aquisição, digo, sua nova filha, até mesmo deixar seus filhos legítimos de lado.

the orphan horror movie videos online plot synopsis summary 4

Esther mostra que é muito avançada para sua idade e Kate começa a suspeitar da menina, apesar desta nunca ter feito nada de mal para eles. No colégio, as crianças zombam dela por ser diferente e Danny fica com vergonha. O que eu acho interessante até este momento do filme é que Esther, apesar de ser muito bizarra, não é má e não faz nada para ninguém, mas todo mundo faz coisas ruins para ela e a trata mal. Se eu fosse ela, também sairia por ai matando todo mundo. As pessoas a empurram, a tratam mal, mexem nas coisas dela sem pedir. Quero só ver a reação de todo mundo quando descobrirem que, na verdade, ela é um espírito vingador que veio mostrar para essa família que eles é que são ruins!

01101Kate: When grownups love each other very, very much... they want to show each other that love... They want to express it...

Esther: I know. They fuck.

A garota resolve se vingar de uma colega de aula que a tratou mal só porque ela carregava uma bíblia na escola. Ela empurra a outra de cima do escorregador. Isso aconteceu comigo uma vez, mas ninguém me empurrou... Eu tinha quatro anos, era de noite, e resolvi brincar no escorregador enquanto meus pais tiravam as malas do carro - estávamos voltando da praia. Então eu fiquei em pé no escorregador para a minha mãe ver, ela não olhou e eu escorreguei pelo lado e bati com o rosto no chão. Quase quebrei o nariz e fiquei com um dos lados do rosto todo ensanguentado. A sorte é que tinham tirado a gangorra que ficava ali em baixo. Eu podia ter batido com a cabeça no ferro. E só estou contando isso porque é bem mais interessante do que esse filme de merda.

ISABELLE FUHRMAN as Esther and ARYANA ENGINEER as Max in Dark Castle Entertainment’s horror thriller “Orphan,” a Warner Bros. Pictures release.

Uma freira do orfanato da Profecia vem até a casa dos Colemans porque ela, aparentemente, se esqueceu de contar para eles que Esther é louca de dar nó e que já se envolveu em vários acidentes malucos e sem explicação... É de se esperar que esse tipo de detalhe não seja esquecido...

Paloma: Oi... Quero comprar este dvd player.

Vendedor: Claro, senhorita. É para presente?

Paloma: Não, não. Aceita cartão?

Vendedor: Claro!

*compra é realizada*

Paloma: Obrigada! Tchau!

Vendedor: Tchau!

*vinte minutos depois*

Vendedor: AH MEU DEUS! ESQUECI DE CONTAR PARA ELA QUE AQUELE DVD FOI POSSUÍDO PELO DEMÔNIO E QUE AGORA ELA ESTARÁ AMALDIÇOADA E SERÁ ARRASTADA PARA O INFERNO!!!! ah... Deixa para lá... Turiluriluu...

A menina escuta a freira contando e vai atrás dela com uma arma. Não, não. Ela pega a arma, brinca de roleta russa (porque ela é russa, entendeu... ãhn... ãhn...) e ai vai atrás da freira com um martelo. Certo. Ok, ela mata a mulher e esconde o corpo lá no... ãhn... E aí ameaça Max - que estava junto durante o processo -, dizendo que se a menina contar algo para alguém também será assassinada. A menina finge que não ouviu nada (hahahahha, que horror...) e a vida segue seu rumo. Certo que essa guria é, na verdade, uma mensageira do diabo, que veio reunir um exército de almas para seu amo!

Orphan

Danny vê Esther e Max na floresta, ela vai até o quarto dele e o ameaça também. Garanto que essa guria é, na verdade, a filha perdida do Macaulay Culkin! Kate está cada vez mais desconfiada de Esther e quando a polícia encontra o cadáver da freira, que estava escondido no... ãhn... ela resolve investigar quem a menina é de verdade. Ela liga para o orfanato russo de onde a menina veio, descobre que ela nunca morou lá e que seus pais adotivos anteriores (que morreram em um misterioso incêndio) a adotaram de maneira ilegal. Resolve, então, fuçar nas coisas da menina - como toda boa mãe - e acha a tal bíblia, onde estão fotos de homens que, eu acho, são os pais anteriores dela. Ou ela recortou da Capricho. Na bíblia, está escrito "Saarne Institute", um lugar na Estônia.

orphan-trailer

Ligando para lá, ela descobre que não é um orfanato e sim um hospício. Enquanto isso, Esther conquista cada vez mais o coração de John, que não acredita em Kate quando esta acusa a menina. A garota arranca umas flores do vaso onde Kate colocou, sei lá, o feto morto do bebê abortado (?), Kate fica braba, bate na menina, e esta quebra o próprio braço e acusa a mulher. Depois disso, ela põe fogo na casa da árvore que está no quintal, com Danny dentro, o menino quase morre e mesmo assim John acha que a louca é Kate... Dá para notar que eles possuem um casamento baseado em confiança e amor.

Todo mundo vai para o hospital onde Danny está, Esther invade a UTI sem que ninguém veja (!!!), tenta matar ele de novo, Kate tem um ataque e tenta matar Esther, as pessoas a impedem, John leva Esther e Max para casa, Kate é internada no hospital, o cara do Saarne Institute liga para Kate para avisar que Esther é perigosa, Esther rouba o aparelho de surdez de Max e rasga um vestido de Kate para que este sirva nela, John fica bêbado com uma garrafa de vinho, Kate quase morre num acidente de carro tentando chegar até a casa, Esther se maquia e coloca o vestido de Kate (que serve perfeitamente nela) para tentar seduzir John, ele se apavora e descobre desenhos macabros e eróticos no quarto dela, Kate demora horrores para chegar na casa, Max vê seu pai sendo esfaqueado por Esther, e a verdade sobre a garota demônio é revelada...

O que ninguém sabe sobre Esther é que ela... Preparem-se, é muito surpreendente... É a coisa mais incrível que você já viu... O que ninguém sabe é que... Esther sofre de uma forma rara de nanismo e na verdade ela tem 33 anos e é uma louca que fugiu de um hospício e... Peraí... O QUÊ? Forma rara de nanismo? FORMA RARA DE NANISMO? Nada de diabo, alma perdida, vingança? Forma rara de nanismo? Sério? Ela é uma louca assassina com uma forma rara de nanismo, que finge que é uma criança para poder seduzir homens que a adotam? Meu Deus... Então por que ela não tentou ser adotada pelo Woody Allen?

orphan1

Kate chega na casa e encontra seu marido morto, Esther - que adquiriu uma super força e uma cara enrugada - tenta matar a mulher, as duas lutam, caem em um lago congelado, lutam mais um pouco, a polícia chega e Kate quebra o crânio de Esther com um chute. E o filme acaba. Juro por Deus.

cry-crying-girl-give-up-the-orphan-timpz-Favim.com-93242

Como é que a guria usa maquiagem o dia todo para esconder as rugas e ninguém nota? Qual a marca da maquiagem dela? Avon? E como é que ela entrou no país? Como é que ela aprendeu a falar inglês? E como é que nunca ninguém notou que ela tinha peitos? E por que ela precisa fingir que é uma criança para poder transar? Por que ela não procura pedófilos? Será que a Esther tomou pílulas de nanicolina? Por que alguém faria um filme desses? E o que diabos é uma forma rara de nanismo?????? A Órfã é um filme preconceituoso, sem sentido, imbecil, ridículo, mal produzido, mal escrito e o diretor certamente possuí uma forma rara de nanismo no cérebro.

orphan-20090714013834718_640w

Para não dizer que tudo neste filme é ruim, devo destacar a atuação de Isabelle Fuhrman como Esther. A menina segura o filme todo e não me importaria de ver outros filmes com ela.

dd-movietease24__0500397374

Já recebi diversas críticas quanto a esta, bem, crítica. Então peço desculpa se ofendi algum fã do filme. Tirei os palavrões do texto e dei uma arrumada aqui e ali. Mas uma coisa que não posso mudar é o fato de que não gostei do filme. Respeito quem tenha gostado, entendo o porque de gostarem. Mas para mim, não foi o suficiente.

Orphan (2009)
Direção: Jaume Collet-Serra
Roteiro: David Johnson
Elenco: Vera Farmiga, Peter Sarsgaard, Isabelle Fuhrman, CCH Pounder, Jimmy Bennett, Aryana Engineer

3 comentários:

João Pedro Oliveira disse...

Eu adoro suas críticas,são raras as vezes que eu não concordo com elas.Todo dia(menos Natal e Dia da Mamãe)eu entro no seu blog.

angel caroline disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paloma Rodrigues disse...

Hahahaha! Sério... Adoro as pessoas que gostam desse filme, porque 90% das vezes (como no seu caso, Angel) são pessoas que simplesmente não sabem se portar e que não deveriam ter acesso a internet. Acho muito lindo e fazia tempo que não aparecia um assim.

Mas vamos lá. Angel, eu gostar ou não gostar de um filme não me faz uma pessoa ruim ou "mal comida" ou qualquer coisas do nível. Só me faz uma pessoa com um gosto diferente do seu.

O tom dessa crítica era para ser de humor, um estilo que eu estava trabalhando na época que fiz ela (se tu reparar, faz bastante tempo). Eu entendi o filme e revi ele e continuo não gostando.

Que bom que você gostou dele, muita gente gosta. Mas eu achei fraco e chato, nem um pouco assustador e bastante clichê.

Peço que da próxima vez que entrar no blog de alguém, tente levar o seu bom senso junto, para não passar vergonha.

Por fim, uma pequena tradição minha: tentar adivinhar a tua idade. Vamos ver... 12 anos?

Abraços.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...