quinta-feira, 30 de julho de 2009

A Lista, Você Está Livre Hoje?

deceptionposter

O contador Jonathan Messer (Ewan McGregor) não tem uma vida social. Não tem namorada, não tem família, não tem amigos. Mas tudo está prestes a mudar. Uma noite, ele está trabalhando até tarde na firma de advocacia em que faz auditoria quando conhece um jovem e carismático advogado, Wyatt Bose (Hugh Jackman), que o convida para um jogo de tênis. Um dia, acidentalmente, Jonathan fica com o celular de Wyatt. Ao atender o celular, Jonathan ouve uma voz sedutora do outro lado, combinando um encontro em um hotel. De repente, ele se vê em meio a uma rede de sexo anônimo, onde lindas garotas estão apenas a um telefonema de distância.

Wyatt encoraja Jonathan a entrar nesse mundo. Jonathan hesita, mas acaba aceitando e encontrando "S", uma garota com quem cria uma forte ligação. No início, Jonathan pensa que tudo está finalmente dando certo, mas ele logo descobre que os motivos de Wyatt são muito mais sinistros do que parecem. Agora, quanto mais Jonathan tenta se desligar dessa recém-descoberta rede de intrigas e chantagens, mais ele se envolve.

A Lista é um filme que teria tudo para dar certo. Boa história, suspense, um ótimo elenco. Mas seus erros começaram antes mesmo do filme ir para as salas de cinema. Para começar, o filme estava previsto para abril deste ano e o trailer só foi divulgado em março. Tudo porque os produtores (o ator Hugh Jackman e seu sócio John Palermo) queriam criar um clima de suspense quanto à história. Até teria dado certo se o trailer não trouxesse basicamente todo filme. O outro erro foi que, depois de toda a expectativa (afinal não é sempre que temos dois astros do calibre de Ewan McGregor e Hugh Jackman juntos), o diretor não se preocupou em dar um desfecho menos clichê para a trama.

O filme faturou apenas US$ 2,23 milhões nos Estados Unidos. Se você acha que isso é bastante dinheiro, considere o fato de que o Batman – O Cavaleiro Das Trevas arrecadou US$ 26 milhões no seu primeiro final de semana em cartaz, e o filme Mamma Mia! arrecadou mais de US$ 570 milhões, no ano passado. Por causa disso, A Lista foi atrasado nos outros países e aqui no Brasil até uma promoção para escolher o título em português foi feita na tentativa de divulgar melhor.

O filme não é ruim. Tem sim falhas de roteiro (como tal personagem poderia ter feito isso, se ele fez tal coisa?), uma história bem clichê, um final óbvio, etc. Enfim, inúmeros erros que poderiam ter sido evitados. Isso não significa que não seja uma boa diversão. Como eu disse no início do texto, ele tem uma boa história (só porque não é original, não significa que seja ruim), suspense e ótimos atores. Isso foi o suficiente para prender minha atenção por duas horas. Então, se você vai ver o filme, deixe em casa o seu lado crítico de cinema e aproveite. O filme serve para divertir, e nada mais.

MV5BMTc2MTE2ODM5NV5BMl5BanBnXkFtZTcwMTIzOTg2MQ@@._V1._SX596_SY467_

Deception (2008)
Direção: Marcel Langenegger
Roteiro: Mark Bomback
Elenco: Ewan McGregor, Hugh Jackman, Michelle Williams

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...