segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

E o Globo de Ouro vai para...

Eu amo premiações! Assisto todas que posso, especialmente quando algum artista que gosto está concorrendo (ou vai apresentar). Este ano me preparei toda para assistir ao Globo de Ouro e ao Oscar. Primeiro porque a Meryl Streep estava concorrendo à dois prêmios, segundo porque o Hugh Jackman vai ser o apresentador do Oscar este ano.

Acontece que essas premiações passam ou no canal Globo ou na TNT. Ver o Oscar na Globo é praticamente impossível, porque nesta época eles passam o Big Brother, e aparentemente isso é mais importante que qualquer outra coisa no mundo. Então eu tenho que ver na TNT, que na Net normal não tem como colocar na tecla SAP.

O mesmo vale para o Globo de Ouro.

Junte um final de semana em Pelotas, uma TPM e o Rubens Gayvald Filho, e você tem uma Paloma irritada.

Ano passado eu quase me matei olhando o Oscar, ouvindo coisas como:

"Ali está Jack Nicholson. Sidney Poitier, o primeiro negro a ganhar um Oscar. Philip Seymour Hoffman, por Capote. Mais um negro, Denzel Washington. Marlon Brando. Frank Sinatra. A negra Halle Berry..."

O comentário sobre o Cassey Affleck: "Ah, ele é melhor ator que o irmão. Na verdade eu não sei se ele é bom ator, porque ele fala pra dentro."

(Leia mais aqui!)

Este ano não foi diferente. Para começar nem ele nem a mulher sabem traduzir direito (eles traduziam só metade das coisas que as pessoas faziam e assim metade das piadas eram perdidas). Teve uma hora que ela errou o nome do filme e deu para escutar ele cochichando para ela! E quando ela dublava um homem e uma mulher ao mesmo tempo, ela afinava a voz na hora de traduzir a mulher.

Comentários como o de Rubens, sobre a filha de Bruce Willis e a Demi Moore: "Rumer Willis, que infelizmente não herdou nem a simpatia do pai nem a beleza da mãe." AI MEU DEUS.

E que tal o comentário sobre Laura Dern, que ganhou o prêmio de Melhor atriz coadjuvante em uma série, mini-série ou filme feito para televisão? "Muito feia, mas isso não importa"? Será que ele tem espelho em casa?
 
images

Depois a tradicional babação de ovo em cima da Laura Linney, afinal de contas ela é bonita, não que isso importe não é mesmo?
 
Laura Linney

E eu tenho certeza de que teve algum comentário sobre negros, mas não lembro qual foi.

Além disso, o prêmio em si estava bem sem graça. Os prêmios estavam óbvios, todos os ganhadores foram os mesmos. Série de comédia? 30 Rock. Mini série ou filme para televisão? John Adams. Filme de drama? Slumdog Millionaire. Claro, teve exceções. Vicky Cristina Barcelona (Que Rubens insistia em chamar de "Vicky Cristina E Barcelona") ganhou só um dos prêmios que estava concorrendo, Melhor filme musical ou comédia.

Meryl não ganhou nada, o que é uma pena mesmo. Especialmente quando a Kate Winslet ganhou dois (DOIS) prêmios de melhor atriz. Sério, para que isso? E para que colocar o Heath Ledger para concorrer à melhor ator coadjuvante?

a) Ele tirou a chance dos outros de ganharem.

b) Batman é um filme de ação, e esse tipo de filme nunca concorre ao Globo de Ouro. A prova disso é que o filme não concorreu a mais nada.

c) O que um morto faz com um troféu?

Podiam ter feito uma homenagem à ele! Chamado a família, dado um troféu especial. Essas coisas... O cara da Warner podia vir e pedir desculpa por ter dito que antes o Heath do que o Christian Bale. Teria sido bonito. Mas não! Para que fazer isso?
 
44444444444444

E o que foi aquela mulher bêbada recebendo o prêmio de melhor atriz? Certo que a Meryl Streep mandou matar ela depois! "Sally Hawkins, querida, os detalhes de sua incompetência não me interessam. Não consigo entender porque é tão difícil para você ficar sóbria. Será que é pedir de mais?"

Bem, resumindo, achei um saco.

Por fim, deixo aqui a pergunta que não quer calar:

Estaria a Drew Barrymore tentando fazer algum tipo de homenagem à Pequena Loja de Horrores?

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...